Previsões para Forex e revisão de mercados

Previsões de alta qualidade e revisões do mercado financeiro feitas por analistas profissionais cada dia!

Os clientes da corretora Tifia obtêm o acesso exclusivo a materiais de alta qualidade da agencia de análise independente Claws&Horns em suas Áreas do Cliente: análise do mercado técnica e fundamental, calendário de eventos econômicos de Forex, moeda, ações, previsões para os índices, sinais dos indicadores de trading e muito mais.

20.02.2020

GBP/AUD: Ichimoku clouds

Vejamos o gráfico de 4 horas. A linha Tenkan-sen encontra-se abaixo de Kijun-sen, as linhas são horizontais. A linha afirmativa Chikou Span encontra-se acima de gráfico de cotação, la nube actual é ascendente. O instrumento está negociado acima de linhas Tenkan-sen e Kijun-sen, continuando movimento ascendente. A linha Kijun-Sen atua como próximo nível de apoio (1.9414). O provável nível de resistência é um dos máximos anteriores da linha Chikou Span (1.9497).

GBP/NZD: Ichimoku clouds

Vejamos o gráfico de 4 horas. As linhas Tenkan-sen e Kijun-sen coincidiram, as linhas são horizontais. A linha afirmativa Chikou Span encontra-se acima de gráfico de cotação, la nube actual é ascendente. O instrumento está negociado acima de linhas Tenkan-sen e Kijun-sen, continuando movimento ascendente. A linha Kijun-Sen atua como próximo nível de apoio (2.0289). O provável nível de resistência é um dos máximos anteriores da linha Chikou Span (2.0383).

EUR/GBP: Ichimoku clouds

Vejamos o gráfico de 4 horas. A linha Tenkan-sen encontra-se acima de Kijun-sen, as linhas estão direcionadas para cima. A linha afirmativa Chikou Span encontra-se acima de gráfico de cotação, la nube actual é descendente. O instrumento entrou em nuvem. Os limites da nuvem atuam como próximos níveis de apoio (0.8349) e de resistência (0.8416)

O relatório de EIA sobre reservas de petróleo nos EUA. EUA, 18:00 (GMT+2)

Às 18:00 (GMT+2), a Direção das Informações Energéticas (EIA) do  Ministério das Energias dos EUA publicará o relatório semanal que contém os dados sobre a alteração de volumes do petróleo crudo e também, gasolina e destilantes nos EUA. Via de regra, o aumento de reservas leva à pressão sobre os preços de petróleo. Estima-se que o valor crescerá quarta semana consecutiva, nesta vez, mais de 3,767 milhões de barris. A realização desta previsão poderá pressionar os preços de petróleo.

AUD/USD: análise geral

Atualmente, o dólar australiano é extremamente vulnerável a vários riscos e neste momento, o par AUD/USD está negociado perto de mínimos de dez anos. Não tendo tempo para recuperar-se das consequências de incêndios florestais de escala e guerra comercial, a economia australiana está sofrendo com o surto da epidemia do coronavírus na China que é seu principal parceiro económico.

O protocolo sobre reunião do BCE dedicado à política monetária e de crédito. UE, 14:30 (GMT+2)

Às 14:30 (GMT+2), será publicado o protocolo da última reunião do BCE sobre a política monetária e de crédito que pode conter as alusões sobre sucessivas ações do regulador. Lembramos que na reunião de janeiro, o BCE deixou as taxas em mesmos níveis. Na declaração anexa do regulador, foi referido que as taxas permanecerão em níveis atuais ou inferiores até que a inflação atingir o valor-alvo em 2,0%.

USD/JPY: análise técnica

No diagrama de 4 horas, está formando a tendência ascendente. O instrumento quebrou de baixo para cima o limite superior do canal lateral formado por linhas do indicador “Bandas de Bollinger”, a nuvem do indicador está alargada muito que significa eventual continuação da dinâmica ascendente em perspetiva de curto prazo. O histograma MACD encontra-se em área positiva, aumentando rapidamente os volumes.

FTSE 100: revista geral

Principal índice da bolsa britânica FTSE 100 mostra uma dinâmica mista, após a publicação de grande bloco de estatísticas macroeconómicas. Inicialmente, o preço desceu, devido às informações sobre uma queda de nível médio do salário até 2,9% em relação às expectativas em 3,0%.

USD/CHF: dólar no alto novamente

O par de moedas continua estar com a tendência ascendente firme, corrigindo à descida global no fim do ano passado. Na ausência de estatísticas macroeconómicas da Suíça, a dinâmica da moeda estadunidense ocupa primeiro lugar no par, cuja volatilidade aumentou significativamente em resultado da reação do mercado aos dados estatísticos e relatórios do FOMC.